Lições que o Santos tem que ensinar para a área de TI

Porque os times de futebol recrutam talentos, e as empresas de TI reclamam da falta de mão-de-obra

Messi e Neymar: Empresas de TI tem muito o que aprender com Barcelona e Santos

Sabe qual é a melhor empresa em recrutamento de talentos do Brasil? Se vc pensou em alguma coisa relacionada a RH… vc está completamente enganado.

Ao meu ver, a grande empresa de recrutamento do país chama-se Santos Futebol Clube. Digo o Santos, por ter desde muito cedo descoberto Neymar, o craque do momento, da mesma maneira que foi com Robinho. Mas poderia citar o São Paulo, o Corinthians, e em escala mundial, o Barcelona, o Manchester United… Enfim, o futebol é o ramo de atuação profissional com maior sucesso em recrutar talentos, e acho que o futebol tem muitas lições a ensinar à área de TI.

O que vemos todos os dias são diretores de grandes empresas reclamando porque falta mão-de-obra qualificada. “Falta mão-de-obra!”. “A faculdade não ensina direito!”. E outras ladainhas mais. A pergunta que eu faço é: Porque não aprender com o futebol?

Os times de futebol não dependem das faculdades para achar seus talentos. Eles vão até as crianças, analisam, percebem quais são os potenciais talentos e investe. Sem ajuda do governo, ou de quem quer que seja, os times contratam o garoto de 13 anos, dá escola pra ele, arruma emprego pro pai, pra mãe, paga tratamento médico (não foi assim com o Messi),enfim, times de futebol recrutam, seguram e dão toda a assistência aos seus talentos.

Já na nossa área de TI, o que vemos é uma choradeira, uma lentidão, uma falta de percepção. Crianças de 13 anos não sabem o que é TI, Analista de Sistema Sênior, Junior, ou seja lá o que for. Se vc perguntar para uma criança o que ela quer ser quando crescer, ela vai dizer tudo, menos TI. E pra quem está no ensino fundamental ou médio, informática é coisa de CDF, NERD, os “crânios” em matemática. Fama essa que só espanta os potenciais talentos…

A SOLUÇÃO

A Microsoft, a IBM, a Apple deveria fazer igual ao Barcelona, ao Santos: ir até a escola, mostrar para as crianças o que realmente é TI, recrutar os talentos, e se for necessário, banca-los até a pós-graduação.  Dar um curso profissionalizante, depois um estágio ou emprego, dar uma ajuda  de custo e ajudar com os custos da faculdade. Nem que fosse uma bolsa de 30, 50%. Por que não fazer isso? Será que falta dinheiro? Quanto isso custaria? Será que não vale o investimento? Será que isso não é mais lucrativo do que reduzir investimentos e lucros por falta de pessoal qualificado?

Se os times de futebol ficassem trancados em seus CTs, esperando os craques, não teríamos Neymares e nem Messis. E vai saber quantos Messis a IBM já perdeu… Quantos Neymares largaram a faculdade neste semestre por não ter condições de pagar a mensalidade…

+BLOG DE CODIGO – Leia também:

Profile Stalkers: Mais um aplicativo com vírus está se espalhando pelo Facebook

Speedy: 38 dias sendo mal-tratado pela Telefonica

Anúncios

Uma ideia sobre “Lições que o Santos tem que ensinar para a área de TI

  1. Pingback: Volskwagen: 80 vagas de estágio para divérsas áreas « BlogDeCodigo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s