Linguagem C – Bibliotecas, Funções main, printf, scanf e mais – Drops I

 Rápidas pinceladas em algumas coisas que você não pode deixar de saber quando o assunto é linguagem C.

BIBLIOTECAS (ARQUIVOS DE CABEÇALHO)

São os arquivos de cabeçalho que possibilitam o uso das funções em C. Quando você abre um documento no Dev-C++ por exemplo, dois arquivos de cabeçalho (também conhecidos como bibliotecas) são incluídos automaticamente:

#include <stdio.h>

#include <stdlib.h>

Bibliotecas são inclusas com o uso de #include. O nome da biblioteca sempre estará entre <>  e sempre terminará com .h.

A biblioteca stdio é responsável por funções de entrada e saída de dados (funções printf e scanf). Já a biblioteca stdlib é responsável pela conversão de strings para números, gerenciamento de alocação dinâmica na memoria e o uso da função system() (explicaremos neste post), entre outras. E é justamente por isso que essas duas bibliotecas são inicializadas automaticamente, pois fica praticamente impossível desenvolver alguma coisa sem utilizar alguma função que não pertença a essas duas bibliotecas.

Existem outras bibliotecas que devem ser adicionadas para o uso de outras funções:

#include <ctype.h> // classificação e transformação de caracteres

#include<math.h> // uso de operações matemáticas

#include<string.h> // manipulação de strings

#include<time.h> // manipulação de datas e horas

 

 

FUNÇÂO main()

Função main() é a função principal do programa (main, principal em inglês). É por ela que se inicia a execução do programa.

O cabeçalho da função main é dividido em três partes:

int main (int argc, char *argv [])

Int: indica o tipo de valor produzido pela função, o valor que a função retornará, neste caso um valor inteiro;

Main: indica o nome da função. Neste caso, a função principal;

(int argc, char *argv []): lista de parâmetros da função

 

COMENTÁRIOS

Imagine que você finalize seu programa hoje, mas tenha que fazer uma modificação nele daqui a dois anos? Como você vai lembrar a função de cada variável, de cada calculo?

Imagine também que você tenha que complementar o programa que outra pessoa começou. Como saber com exatidão pra que serve cada linha de código?

Para isso servem os comentários. Para você poder especificar, ou seja, documentar seu programa-fonte, relatando a função de algo que poderá ser facilmente esquecido ou mal compreendido por outra pessoa.

Em C, comentários podem ser feitos de duas formas:

Podem começar em  /* e terminar em */. Esse tipo de comentário é utilizado para comentários que englobarão varias linhas:

/*Programa destinado ao calculo de:

IRRF, FGTS, INSS. E também utilizado

para calculo de taxa de juros. */

Comentarios também podem ser feitos após  os  caracteres //. Esse formato é utilizado para comentários curtos, que podem ser feitos na mesma linha dos comandos:

int nomeFunc;   //variável para nome do funcionário

char sexoFunc;  //variável que define o sexo do funcionário

BOM SENSO

Comente apenas o que for realmente necessário. Comentários desnecessários poluem o código e podem causar confusão  em vez de esclarecimentos. Mas também não deixe de comentar, pois você pode se arrepender amargamente por isso.

 

ENTRADA E SAIDA DE DADOS (printf() e scanf())

A saída de dados (impressão na tela) geralmente é realizada pela função printf():

printf (“Digite o nome do funcionário:”);

Printf() sempre mandará para a tela o que houver entre seus parênteses.  Neste caso, a mensagem “Digite o nome do funcionário”. Printf() também pode imprimir valores de variáveis utilizando especificadores de formato (já falamos sobre isso aqui, no final do post tem o link):

printf(“Nome do funcionário:%s”, nomeFunc);

A entrada de dados (recepção dos dados digitados) é responsabilidade da função scanf():

scanf(“%s”, &nomeFunc);

Em scanf(), o uso de especificadores de formato é obrigatório, pois ele define na memoria se o espaço a ser reservado será para um numero inteiro, real, um caractere, uma cadeia de caracteres (strings) ou uma notação científica. Após a vírgula, vem o endereço onde essa variável será alocada, obrigatoriamente  precedido do sinal &.

IMPORTANTE:

1) Nunca se esqueça do uso de ponto-e-vírgula para separar comandos;

2) Nunca utilize acentos nas mensagens exibidas por printf() e nas declarações de variáveis.

FUNÇÃO “system(“PAUSE”);” E COMANDO “return 0;”

Um programa em linguagem C sempre é finalizado da seguinte maneira:

system(“PAUSE”);

return 0;

A função system() com o parâmetro PAUSE permite que o usuário veja os resultados antes que a janela seja fechada. Sem essa função, o programa seria executado e a janela seria automaticamente fechada.

O comando return indica o termino da função main(). O retorno do valor 0 (positivo) indica que o programa foi executado normalmente, enquanto o retorno de um valor negativo indicaria erro.

Então é isso:

//BIBLIOTECAS possibilitam o uso das funções em C;

//FUNÇÃO main() é a função principal, responsável pela execução do programa;

//COMENTÁRIOS são como aquelas anotações que fazemos nos livros, para não esquecer para que aquela linha de código ou variável serve;

//FUNCÃO printf() é a função responsável pela saída (impressão) de dados;

//FUNÇÃO scanf() é a função responsável pela entrada dos dados que digitamos;

//FUNÇÃO system() com o  PARAMETRO “PAUSE” e o COMANDO return finalizam o programa;

// Você reparou que 0 do comando return  é o valor inteiro que a função main especifica em “int main”?

Gostou? Da CTRL+D.

Acha que esse post vai servir de ajuda para outros? Clique em SHARE e distribua no Facebook!

Gostou do texto? Não gostou? Indicações de novos posts? Quer reclamar? Então comente…

Até+

Anúncios

7 ideias sobre “Linguagem C – Bibliotecas, Funções main, printf, scanf e mais – Drops I

  1. Edson Pessoa

    Com tudo esse conteúdo de boa qualidade fica muito bom pra aprender mas pra min ainda é difícil, tenho que me esforçar ainda mais.

    Resposta
  2. Senia Soares

    Rapaz! eu batendo cabeça.procurando post para me ajudar no básico de linguagem C e me deparo com essa maravilha resumida mas que diz tudo,sem precisar de tanto palavreado que só confunde a cabeça do estudante.MUITO BOM MESMO! (y)

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s